Condomínio 5 estrelas.

domingo, 6 de julho de 2008

Tenho certeza de que quando as pessoas que por algum motivo merecem ser chamadas de fodas morrem, senhor Deus às leva para o condomínio Jardim do Éden, e lá elas permanecem fazendo seu offício pelo resto da eternidade. Não me perguntem o que senhor Jesus Cristo está fazendo lá. Ele deve ter se aposentado e se frustrado vendo toda aquele gente boa no que faz, então não sai mais de casa, não faz a barba há 300 anos e sobrevive de comida enlatada.

Burroughs e Ginsberg, pelo contrário, nunca estão em casa, aproveitaram que agora não sofrerão mais de cirrose e câncer e passam 23 horas e meia por dia só bebendo e fumando. A meia hora restante é para mijar toda aquela cerveja. Neal Cassidy não está com eles, fica dormindo em trilhos de trem. Pensaram em chamar John Fante uma vez para tomar cerveja, mas ele anda com Bukowski. Por mais loucos que sejam, não chamariam alguém que anda com Bukowski.

Todos têm medo de passar perto do apartamento de Salvador Dali. Está sempre com Duchamp e Tzara, barulhos de explosões, miados, latidos e grunhidos nunca param de vir de lá. Uma vez Einstein foi pedir-lhe um copo de açucar e voltou com seu copo preenchido com uma foto em que Dali segurava a tripa do cavalo de Napoleão enquanto Tzara o comia por trás. Depois disso ele mudou-se para o mais longe que pode.

Ray Charles havia recobrado sua visão, mas a perdeu novamente numa aposta com Burguess Meredith, então passa o dia fazendo a única coisa que sabe fazer: tocando piano com um sorriso colgate. Schopenhauer não agüenta mais "aquele crioulo chato que toca coisas dissonantes idiotas".

Aquiles Passa o dia no seu quarto e todos seus vizinhos dizem que o dia todo ouvem-se barulhos quase selvagens vindos do seu apartamento desde que ele encontrou a Lara Croft. Só sai para comprar o essencial: Afiadores de espada e escudos. Às vezes ele chama uns amigos misteriosos para entrarem no seu apartamento, tais como Nosferato e Joey Ramone.

Sócrates e Aristóteles descobriram uma coisa mágica para a filosofia mundial: a metralhadora. Agora passam os dias na rua ensinando pessoas como Hitler e Bush pai como o mundo deveria ser e como seria se eles ainda estivessem lá. Copérnico disse que achou sócrates um cara totalmente geocêntrico e agora anda sempre acompanhado de Rutherford e Boris Yeltsin, diz que eles foram "separados no parto".

Raul Seixas está negociando com Deus uma vaga para Paulo Coelho e realmente parece não ter jeito...

4 comentários:

Vindemiatrix Almuredin disse...

Rapaiz, adorei seu blog, adorei seus textos ...

Tou te adicionando !!

Rita Costa disse...

Olá, Thiago.
Passando pra te avisar que o endereço de meu blog " Alma de Poesia" mudou.
Agora é: http://almadepoesia2007.blogspot.com/
Se puder atualizar desde já te agradeço parceiro. Um abraço

ocean disse...

網路行銷
網路行銷
網路行銷
seo
seo
seo

Yza. disse...

Caralho. Surreal.
Gostei da maneira que escreve, consegui ver direitinho cada um agindo da forma que descreveu.

Curtiu? Vê esses também.